Chuva de meteoros poderá ser vista em dezembro e Planetas podem ser observados

Padrão

Esse texto foi escrito em agosto de 2010 para a disciplina de Jornalismo Especializado

Chuva de meteoros

Chuva de meteoros

Chuvas de meteoros como a que embelezou os céus   do dia 13 de agosto acontecem de forma regular e    anualmente. No mês de outubro acontecerá no dia 21. No mês de novembro será por duas vezes, sendo a primeira na semana que vai do dia quatro ao dia 12, e a segunda no dia 17. Porém essas duas chuvas não terão grande significância para nós, pois acontecerão no Hemisfério Norte do Planeta, contudo a queda de meteoros que ocorrerá no dia 14 de dezembro poderá ser observada, pois ela será muito brilhante. Outro fenômeno interessante de ser observado são os planetas Mercúrio, Vênus, Saturno, Júpiter e Marte, que estão visíveis.

Gilberto Klar Renner, produtor cultural do Planetário, explicou que as chuvas de meteoros que ocorrem em geral não são vistas aqui no Sul, pois elas acontecem sempre no norte do Planeta. Será possível observar a que vai haver no dia 14 de dezembro, já que ela ocorre na constelação de Gêmeos, que é muito brilhante. Esse evento acontece, porque os cometas, que são constituídos de gelo e materiais, ao passarem pela Terra e se aproximarem do Sol perdem a resistência. O gelo e os gases que o envolvem se tornam vapor e acaba deixando rastros de poeira perdidos pelo o espaço.

Quando essas partículas de poeira entram na atmosfera terrestre acabam sofrendo o processo que os cientistas chamam de Ionização. Renner explicou que durante essa etapa as partículas, que em geral tem o tamanho de um grão de areia, ao receberem o calor ficam ionizadas e ganham eletricidade das moléculas da atmosfera. “É por isso que quando ele cai parece ser uma estrela, e daí vem o nome popular de Estrela Cadente”.

Vanessa Carrion, mestre em geografia, com ênfase em astronomia esclareceu que cada fenômeno desses recebe o nome da constelação da qual é origem. A chuva do mês de outubro se chama Ornídeas, pois ela vem da constelação Orion. A que vai acontecer no dia 17 de novembro se chama Leonídeas, da constelação de Leão. Em dezembro teremos a Geminídeas, que tem origem em Gêmeos.

Outro fenômeno espacial interessante de ser observado no céu gaúcho são os planetas que estão alinhados com a Terra. Ao anoitecer Mercúrio, Vênus, Saturno e Marte estão visíveis. Eles se encontram no leste, logo nas primeiras horas da noite. No oeste está Júpiter. Segundo Gilberto só é possível vê-los a olho nu, pois estão próximos do Sol. Mercúrio também está visível, mas por estar muito próximo do Sol e ele ofuscar a nossa visão, só podemos ver o planeta até pouco depois do pôr-do-sol. Esse evento ocorre em geral entre os meses de agosto e setembro, porém eles não são fixos, afinal os planetas são como a Lua e tudo depende da sua rotação.

(O vídeo original da matéria foi retirado do Youtube por isso anexei este novo aqui)


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s