Ciclista inicia a segunda de projeto que visitará festas juninas na Bahia

Padrão
Amanhecer em São Francisco do Conde/ Divulgação

Amanhecer em São Francisco do Conde/ Divulgação

 

O sonho de todo aventureiro é botar uma mochila nas costas e sair descobrindo histórias e registrando-as. Pois bem, foi assim que nasceu o cicloturismo que consiste em viajar utilizando como meio de transporte uma bicicleta. Este sonho motivou Raphael Araújo, 24 anos, a criar em 2013 o Projeto Ciclo Junino que visitou comemorações juninas em diferentes cidades da Bahia. Neste ano acontecerá a segunda edição do projeto.

A ideia é semelhante a do evento passado, percorrer 15 cidades do Recôncavo Baiano em junho para mostrar as festas de São João. Araújo explica que cresceu na região “acredito muito no seu potencial e quero de certa forma, mostrar para o mundo o quão belo ele é. Sempre tive simpatia pelas cidades que vou passar, muitas delas inclusive já conheço e tenho familiares em uma delas, então de certa forma eu não escolhi o percurso, ele me escolheu”.

Definir este período para viajar não foi difícil, pois de acordo com Raphael ele sempre foi “um fiel apaixonado pelo São João baiano”. O cicloturista explica que antes mesmo de começar a andar de bicicleta já pensava em fazer um mochilão e viajar pelas principais cidades do circuito. “Mas com a bicicleta, tudo ficou mais interessante e divertido. Fora isso, eu acho que o projeto vai mostrar as pessoas que é possível fazer uma viagem limpa e sustentável”.

No ano passado o Ciclo Junino iniciou no dia 18 de junho, porém, a edição 2014 ainda não tem uma data definida para começar, já que antes é necessário que os dias de início dos festejos sejam definidos. O percurso começará em São Francisco do Conde e terminará em Cruz das Almas, dando uma volta que atravessará o coração do recôncavo baiano. Todo o trajeto será realizado pelo ciclista e por mais um grupo (ainda não definido).

O objetivo de Rafael é documentar, através de fotos, as cidades que não tem muita representatividade no São João, como Madre de Deus e Ilha dos Frades. O atleta explica que pretende fazer uma exposição com as fotografias e confeccionar um livreto futuramente. Além de “fazer souvenirs personalizados do projeto para comercializar na minha loja virtual e enviar de brinde para os patrocinadores privados e do Catarse”, conta.

Este não é o único projeto de cicloturismo de Raphael e para conhecer mais sobre os demais é só acessar o site http://cicloexpedicoes.wordpress.com/. Para que os quiserem ver imagens registradas pelo ciclista e saber mais informações sobre o Projeto Ciclo Junino é só acessar a página do Facebook: https://www.facebook.com/ProjetoCicloJunino .

 

Leia a reportagem completa também no site Sou Esporte.

*Este texto foi feito em fevereiro de 2013 e adaptado para a atualidade no site Sou Esporte. Foi escrito durante o freelancer que realizei para a empresa MJV Inovação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s